Notícias

a-
a+

Valadares Filho faz balanço do trabalho na presidência da Comissão de Integração

03.04.2018

O deputado Valadares Filho (PSB-SE) fez, hoje, a transmissão da presidência da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia (Cindra) para deputada Marinha Raupp (PMDB-RO), que foi eleita presidente em reunião que ocorreu hoje (03/04).

​Valadares Filho agradeceu o trabalho de todos os parlamentares membros da Cindra e destacou a importância de se colocar a integração nacional no centro das discussões para retomada do crescimento econômico. “Somente com a verdadeira integração nacional será possível alcançar índices de desenvolvimento socioeconômico, acabar com a desigualdade e tirar o país do mapa da fome”.

Durante o período presidiu a Cindra, Valadares Filho priorizou a discussão de temas relevantes para a definição de políticas públicas que passam pelo desenvolvimento e a integração das regiões brasileiras.

Valadares Filho fez, em pronunciamento, um breve balanço das atividades desenvolvidas pela Cindra, durante esse ano de trabalho. Para o deputado, é evidente que as desigualdades regionais ainda estão no centro da retomada do desenvolvimento econômico do Brasil.

“Pudemos constatar que a pobreza que ainda persiste em certas regiões é derivada da pouca presença do Estado, seja na forma de investimentos, seja no provimento de serviços sociais, educativos e culturais”.

Com o propósito de buscar soluções criativas para o desenvolvimento regional, a Comissão de Integração, no ano de 2017, realizou uma série de audiências públicas, seminários e missões oficiais voltados para promover a discussão de temas ligados ao desenvolvimento regional como medidas de combate à seca e redistribuição de renda.  No período, também foram apreciadas, nas reuniões deliberativas, cerca de 70 proposições que têm como propósito criar mecanismos de promoção do desenvolvimento regional e combate às desigualdades.  

Valadares Filho destacou como sendo um dos pontos altos do trabalho da Cindra o debate realizado sobre os programas e as ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).  “Além de acompanhar a implantação de relevantes programas sociais, tratamos do projeto do Canal de Xingó, que beneficiará tanto o Estado da Bahia como o de Sergipe”.

O deputado destacou que, ainda o propósito de transformar a realidade do sertão, a Comissão de Integração realizou um seminário, em 14/07/2017, para discutir os problemas que estão causando atrasos na construção do Canal de Xingó. “Nessa oportunidade buscou-se formar consensos entre os interessados e somar apoios, a fim de que nos orçamentos dos anos seguintes sejam assegurados recursos para as obras”.

A exemplo do Canal de Xingó, no Nordeste, iniciativas para o Centro-Oeste e Norte foram encaminhadas pela Cindra, particularmente o uso dos recursos dos fundos constitucionais. Para Valadares Filho, não há sentido em se ter esse dinheiro – que não pode ser contingenciado – e, mesmo assim, não conceder crédito aos empreendedores locais, para o desenvolvimento das três regiões.

 

©2013. Deputado Valadares Filho. Direitos reservados.